Slide

Pesquisar

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Porfírio Costa



Porfírio Alves da Costa
16/2/1913 Campina Grande, PB
Começou a carreira como trumpetista. Em 1931, fez sua primeira composição, o choro "Diplomacia". Nesse período transferiu-se para o Recife (PE). Em 1934, passou a atuar na orquestra de Nelson Ferreira, na Rádio Clube de Pernambuco, como trompetista. Em 1938, passou a tocar na orquestra Tabajara de Severino Araújo. Em 1941, atuou na orquestra do maestro Fon-Fon. Em 1946 teve a primeira composição gravada, o choro "Açude velho", com a Orquestra Tabajara. No mesmo ano, a mesma orquestra gravou o samba "Primeirão". Em 1948, fez sucesso com o choro "Peguei a reta", gravado pela Orquestra Tabajara na Continental. Em 1948, saiu da orquestra Tabajara. Em 1949, passou a atuar na orquestra Carioca. Em 1950 a Orquestra Tabajara gravou seu choro "Passou". Em 1952, foi para São Paulo, apresentando-se na orquestra de Osmar Milani.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário